Briclofar

Para que serve folheto informativo, informação para o utilizador

Folheto / Bula do Medicamento


Recomendações

  • Sempre verifique que não é alérgica a nenhum dos componentes
  • Lembre-se, sempre verifique com seu médico, a informação que nós oferecemos é indicativa e não de forma alguma substituir a de seu médico ou outro profissional de saúde.




FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR
Briclofar 50 mg/g Creme
Aciclovir
Este folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente.
Este medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto, é necessário
utilizar Briclofar com precaução para obter os devidos resultados.
- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
- Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.
- Em caso de agravamento ou não melhoria do estado de saúde após 10 dias consulte o
seu médico.
- Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários
não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.
Neste folheto
1. O que é Briclofar e para que é utilizado
2. Antes de utilizar Briclofar
3. Como utilizar Briclofar
4. Efeitos secundários possíveis
5. Conservação de Briclofar
6. Outras informações

1. O QUE É BRICLOFAR CREME E PARA QUE É UTILIZADO
Briclofar é um medicamento para o tratamento do herpes labial recorrente, que é causado
pelo vírus herpes simplex.
Estudos clínicos com aciclovir creme demonstraram eficácia estatisticamente
significativa na cicatrização das lesões e na atenuação da dor, quando comparado com um
creme placebo:
- o tempo de cicatrização foi até 22% mais rápido em doentes tratados com Briclofar do
que com o creme placebo (a duração média foi reduzida até 0,5 dias);
- a dor desapareceu aproximadamente 20% mais rapidamente (a duração média foi
reduzida até 0,4 dias).
Aproximadamente 60% dos doentes começou o tratamento numa fase inicial (pródromo
ou eritema) e 40% numa fase tardia (pápula ou vesícula).

2. ANTES DE UTILIZAR BRICLOFAR CREME
Não utilize Briclofar c
- Se tem alergia (hipersensibilidade) conhecida ao aciclovir, valaciclovir, propilenoglicol
ou a qualquer outro componente de Briclofar
- Para infecções por herpes simplex no olho ou na área genital.



- Se estiver sob cuidado médico devido a uma doença do sistema imunitário.
Tome especial cuidado com Briclofar
Utilize o creme apenas em lesões provocadas pelo herpes simplex nos lábios e na face.
Evite qualquer contacto com os olhos. Não aplique o creme no interior da boca. O
Briclofar não deve ser usado para tratar aftas. Se duvidar que a sua lesão é herpes labial,
consulte o seu médico.
Se as suas lesões de herpes labial são ou vierem a tornar-se muito graves deverá consultar
o seu médico.
Utilizar Briclofar com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente
outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.
É pouco provável que o Briclofar interaja significativamente com outros medicamentos
que estiver a tomar.
Gravidez e aleitamento
Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.
Informações importantes sobre alguns componentes de Briclofar:
Briclofar contém: álcool cetostearílico que pode causar reacções cutâneas locais (por
exemplo dermatite de contacto) e propilenoglicol que pode causar irritação cutânea.

3. COMO UTILIZAR BRICLOFAR CREME
Utilizar Briclofar sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seu médico
ou farmacêutico se tiver dúvidas.
É importante começar o tratamento imediatamente após o aparecimento dos primeiros
sintomas de herpes labial.
Muitos doentes com herpes labial conseguem reconhecer quando estão prestes a terem
herpes labial, isto é, sentem uma picada, comichão ou formigueiro. Recomenda-se a
aplicação de Briclofar tão cedo quanto possível, por exemplo, na fase de formigueiro. No
entanto, pode começar a tratar-se o herpes labial já na fase de vesícula.
Siga as seguintes instruções cuidadosamente
Adultos e crianças com idade igual ou superior a 12 anos
Lave as mãos antes e após a aplicação de Briclofar de modo a evitar o agravamento das
lesões, transmitir esta infecção a outra pessoa ou a outras partes do seu corpo.
Aplique o creme, com a ajuda do dedo, de modo a cobrir totalmente a área afectada.
Aplicar na área afectada 5 vezes ao dia, ou seja de 4 em 4 horas, não necessitando aplicar
durante a noite. Se esquecer uma aplicação do creme, faça-o logo que se lembre e depois
continue como anteriormente.



Continuar o tratamento por 4 dias (4 x 5). Se a sua lesão não tiver cicatrizado ao fim
deste tempo, poderá manter o tratamento por mais 6 dias. Se a cicatrização total não
ocorrer ao fim de 10 dias, ou se a lesão se tornar muito grave, consulte o seu médico.
Não exceder a dose recomendada.
Crianças com idade superior a 2 anos e inferior a 12 anos
Consulte o seu médico ou farmacêutico.
Não é provável que a ingestão acidental de Briclofar cause qualquer problema grave.
Todavia, se tal acontecer deverá comunicá-lo ao seu médico ou farmacêutico.
Se utilizar mais Briclofar do que deveria
Se utilizar mais Briclofar do que o recomendado, deverá aconselhar-se com o seu médico
ou farmacêutico, levando esta embalagem consigo.
Caso se tenha esquecido de utilizar Briclofar
Se se esquecer de aplicar o creme conforme o recomendado, não se preocupe. Faça uma
aplicação logo que se lembre e depois continue como anteriormente. Não aplique o dobro
do creme para compensar uma dose que se esqueceu de aplicar.
Se parar de utilizar Briclofar
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico
ou farmacêutico.

4. EFEITOS SECUNDÁRIOS POSSÍVEIS
Como os demais medicamentos, Briclofar creme pode causar efeitos secundários, no
entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.
- Um ardor ou picada pode ocorrer logo após a aplicação, mas este irá desaparecer
rapidamente.
- Ocasionalmente pode aparecer vermelhidão, comichão, uma ligeira secura ou
escamação da pele.
- Raramente pode desenvolver-se uma reacção alérgica da pele e ainda mais raramente
esta reacção será grave, por exemplo inchaço facial.
Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos secundários
não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

5. COMO CONSERVAR BRICLOFAR CREME
Não conservar acima de 25º C.
Manter fora do alcance e da vista das crianças.



Não utilize Briclofar após o prazo de validade impresso na embalagem exterior a seguir a
<VAL>. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.
Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não necessita.
Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.
LEMBRE-SE
O herpes labial é contagioso.
O vírus pode infectar outras partes do seu corpo. Para reduzir o risco de transmitir a
infecção a outras pessoas, não permita que lhe toquem nas lesões, partilhem a sua toalha,
etc. Deverá evitar beijar e ter sexo oral se você ou o seu parceiro tiverem uma lesão de
herpes labial. Lave sempre as mãos antes e depois de tocar nas lesões de herpes labial.
- Evite tocar nos seus olhos. A infecção por herpes simplex do olho pode provocar o
aparecimento de úlceras na córnea.
- Evite beijar - especialmente crianças - quando tiver herpes labial.
- Evite rebentar ou espremer as lesões ou arrancar as crostas, porque poderá infectar as
lesões com outros germes, bem como infectar os seus dedos com o vírus.
- Evite partilhar os seus utensílios pessoais (talheres, copos, etc.)
INFORMAÇÃO AO DOENTE
O herpes labial é uma infecção que é causada pelo Vírus herpes simplex (HSV) que está
dormente (latente) nos gânglios nervosos da face.
Quando é que a primeira infecção ocorre
O primeiro contacto com o vírus ocorre normalmente na infância, provavelmente após ser
beijado por uma pessoa infectada. O vírus passa através da pele, dirige-se até ao tecido
nervoso onde permanece até ser activado. Normalmente com este primeiro contacto não
ocorre um episódio de herpes labial.
O que pode activar o Vírus
Vários factores podem activar o vírus, incluindo constipações, gripe, menstruação,
fadiga, perturbações emocionais, stress, lesões físicas, luz do sol intensa ou alterações
climatéricas. Uma vez activado, o vírus dirige-se do nervo para a pele dos Lábios e da
zona circundante, onde provoca o desenvolvimento de lesões de herpes labial.

6. OUTRAS INFORMAÇÕES
Qual a composição de Briclofar - A substância activa é o aciclovir.
- Os outros componentes são: vaselina branca, álcool cetostearílico, propilenoglicol,
parafina líquida, poloxamero 407, laurilsulfato de sódio e água purificada.
Qual o aspecto de Briclofar e conteúdo da embalagem
Briclofar é um creme de cor branca com cheiro característico. Cada bisnaga contém 10g
de creme.



Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante
Titular de AIM
Caldeira & Metelo, Lda
Rua 25 de Abril, Lt 26 Armazém
Brandoa, 2650-061 Amadora
Telef.: 21 476 81 20
Fax: 21 476 81 29
E-mail: [email protected]
Fabricante
Farmalabor Prod. Farmacêuticos
Zona Industrial de Condeixa- a –Nova
3150-194 Sebal Grande
Tel: 239940300
Fax: 239942114
E-mail: [email protected]

Este folheto foi aprovado pela última vez em