ACIDUM NITRICUM

Para que serve folheto informativo, informação para o utilizador

Folheto / Bula do Medicamento


Recomendações

  • Sempre verifique que não é alérgica a nenhum dos componentes
  • Lembre-se, sempre verifique com seu médico, a informação que nós oferecemos é indicativa e não de forma alguma substituir a de seu médico ou outro profissional de saúde.



ACIDUM NITRICUM


HNO3; 63,02

Sinonímia homeopática. Acidum azoticum, Acidum nitri, Acidum nitricum depuratum, Nitri acidi,
Nitricum acidum.

Nome químico. ácido nítrico.


DESCRIÇÃO

Caracteres físico-químicos. Líquido incolor ou ligeiramente amarelado, de odor característico,
penetrante, forte e irritante.

Solubilidade. Solúvel em água e etanol em todas as proporções.

Densidade relativa (V.2.5) F. Bras. IV. 1,41 g/ml a 20 ºC.

Incompatibilidades. Álcalis, sais alcalinos, matérias orgânicas em geral, metais em geral, fenol e
glicerol.

Ponto de ebulição. 122 °C.


ESPECIFICAÇÃO

Contém, no mínimo, 65 % e, no máximo, 69 % de HNO .
3


IDENTIFICAÇÃO

Transferir para um tubo de ensaio, 1 ml da amostra, adicionar 3 ml de ácido sulfúrico e,
cuidadosamente, através da parede do tubo, acrescentar 1 ml de solução de sulfato de ferro (II) M.
Desenvolve-se anel castanho na interface dos líquidos.


ENSAIOS DE PUREZA


Arsênio. A 15 ml da amostra, adicionar 5 ml de ácido sulfúrico e evaporar até o desprendimento de
fumos brancos. Ao resíduo adicionar 1 ml de solução de cloridrato de hidroxilamina a 10% (p/V) e
diluir com água purificada para 2 ml. A solução resultante cumpre com ensaio-limite para arsênio
(V.3.2.5 - Método I) F. Bras. IV. No máximo é 0,1 ppm.

Sulfatos. Adicionar 10 mg de carbonato de sódio a 28 ml da amostra. Evaporar até a secura;
dissolver o resíduo com uma mistura de 4 ml de água purificada e 1 ml de ácido clorídrico SR e
completar o volume para 10 ml. Adicionar 1 ml de solução de cloreto de bário 1% (p/V). Após 10
minutos da adição dos reagentes, a turbidez produzida não deve ser maior que aquela obtida com 40
?l de solução de ácido sulfúrico 0,01 M.




DOSEAMENTO

Transferir, através de pipeta volumétrica 25 ml, da amostra para balão volumétrico de 250 ml,
completar o volume com água purificada e homogenizar. Transferir para erlenmeyer 25 ml da
solução diluída da amostra, acrescentar aproximadamente 50 ml de água purificada, adicionar 0,1
ml de vermelho de metila SI e titular com solução padronizada de hidróxido de ódio M. Cada ml da
solução de hidróxido de sódio equivale a 0,063 g de HNO .
3


CONSERVAÇÃO

Em frasco de vidro neutro, âmbar, bem fechado ao abrigo da luz e do calor.


FORMA DERIVADA

Ponto de partida: Ácido Nítrico (HNO ).
3

Insumo inerte: Utilizar água purificada até 3CH ou 6 DH e para as demais, seguir a regra geral de
preparação de formas farmacêuticas derivadas.

Método: Hahnemanniano (XI.I), Korsakoviano (XI.II), Fluxo Contínuo (XI.III); Farm. Hom. Bras.
II,1997.

Dispensação: A 3CH ou 6DH, preparar em água purificada (preparação extemporânea). A partir da
4CH ou 7DH seguir regra geral de dispensação.

Conservação. Em frasco de vidro neutro, âmbar, bem fechado.
Document Outline ACIDUM NITRICUM Solubilidade. Sol